PB registra redução de 23% de mortes em sete meses de 2019 e João já tem um dado para chamar de seu

A redução no número de homicídios na Paraíba é resultado de um trabalho implantado a partir de 2011 no Estado, no início da gestão do então governador Ricardo Coutinho. De lá pra cá, estes números só caem fazendo da Paraíba um dos únicos estados do Brasil com redução consecutiva de mais de sete anos. Ao assumir o mandato em janeiro deste ano, o governador João Azevedo manteve a pegada e deu continuidade à política, incrementando com promoções de policiais, implantação do batalhão de motos em João Pessoa e lançamento dos Centros Integrados de Comando e Controle. E ele já tem um dado para chamar de seu. Em sete meses de governo, atingiu uma redução de 23,8% no número de mortes violentas se comparadas ao mesmo período do ano passado. Os dados são do G1, que abasteceu o Monitor da Segurança do país inteiro e constatou que os números da Paraíba ficaram acima da média nacional.

De acordo com o balanço, A redução da Paraíba ficou acima da média nacional (22,6%).

Somente em julho, houve 67 assassinatos, contra 101 no mesmo mês do ano passado. O mês de julho foi o menos violento do ano, de acordo com os dados do Monitor. No período que engloba os sete meses, foram 542 mortes violentas — 169 a menos que os 711 assassinatos registrados de janeiro a julho de 2018.
A redução da Paraíba ficou acima da média nacional (22,6%).

Somente em julho, houve 67 assassinatos, contra 101 no mesmo mês do ano passado. O mês de julho foi o menos violento do ano, de acordo com os dados do Monitor. No período que engloba os sete meses, foram 542 mortes violentas — 169 a menos que os 711 assassinatos registrados de janeiro a julho de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *