Os números da “Semana do Brasil” e a expectativa para 2020

Até mesmo os organizadores diziam que a primeira versão da Semana Brasil serviria para dar o ponta pé de um projeto em que as perspectivas todas foram transferidas para o próximo ano. E, por causa disso, apesar dos números tímidos da edição deste ano, organizadores festejaram o resultado. O balanço aponta crescimento de 16,8% nas vendas dos shoppings centers que aderiram à campanha de descontos para aquecer a economia no mês de setembro.

Os dados são da empresa Cielo. Que apontou ainda crescimento de 11,3% nas vendas do varejo e 32,5% no comércio eletrônico, em comparação ao mesmo período do ano passado.

A esperança é de que a Semana Brasil reproduza o fenômeno da Black Friday no Brasil. No primeiro ano, em 2010, o faturamento foi de R$ 3 milhões. No ano seguinte, pulou para R$ 100 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *