Julian rebate sergipano: “Não representa nada dentro do partido”

Numa reação imediata, o deputado federal Julian Lemos rebate as acusações do ex-presidente do PSL de Sergipe, João Tarantella, que nesta terça, falou com a imprensa da Paraíba para acusar o parlamentar paraibano de trair o presidente Jair Bolsonaro, dando o comando da legenda para lideranças ligadas ao PT, e de usar uma “política da malandragem” no comando da legenda no Nordeste.

Julian desmentiu que as lideranças que assumiram o PSL em Sergipe trabalhem para o PT e declarou que a imprensa não deveria dar ouvidos a quem não representa nada dentro da legenda. “É um idiota”, resumiu, reafirmando que todo trabalho de organização do partido no Nordeste segue a motivação de fortalecer o projeto do presidente Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *