Gol contra: Quem deu a ideia para o governador do Rio ajoelhar-se diante de Gabigol?

Depois da vitória por 2 a 1 sobre o River Plate que deu ao Flamengo o título da Libertadores, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, se ajoelhou diante de Gabigol no gramado do Estádio Monumental de Lima.

Na imagem que ganhou as redes sociais, Witzel cumprimenta o atacante e imediatamente se ajoelha. O camisa 9 rubro-negro olha para baixo e sai caminhando para o lado esquerdo.

Gabigol foi o destaque do Flamengo na final da Libertadores, ao marcar duas vezes, aos 43 e aos 46 minutos.

Fonte: Paraiba.com / G1

 

P.S: O jovem Gabigol se transformou num mito para a torcida do Flamengo. Merece sim aplausos e reverências. Mas daí para um governador de Estado ajoelhar-se para saudá-lo é demais. Não se sabe os motivos pelo frio tratamento que o artilheiro deu ao governador do Rio. Mas diante daquela cena constrangedora poucos se sentiriam com vontade de passar mais de um segundo ali defronte. Se o leitor assistir à cena várias vezes vai perceber que Gabriel até o recebeu e manteve um sorriso no rosto. Provavelmente, até iria dar retorno mais prolongado ao cumprimento do governador. Mas quis fugir da cena quando viu o homem que comanda o Estado do Rio de Janeiro de joelho aos seus pés. Por mais entusiasta que seja, e que o momento inspirasse, Witzel, que já deve que se explicar por dancinha após tiro em sequestrador no Rio, deveria conter-se diante de suas emoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *