Depois de Anísio, Lula engole Jackson Macedo

Provocado, o presidente do PT da Paraíba, Jackson Macedo, talvez tenha se precipitado a fazer uma defesa que ele mesmo não tinha muita certeza. Quando anunciou solidariedade pública ao ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), complicado na Operação Calvário, foi instada a dizer se o apoio subiria ao palanque. Com voz firme, disse que sim e antecipou apoio a uma pretensa candidatura do socialista. A revelação de Jackson gerou uma reação negativa de outros petistas, a exemplo do deputado Anísio Maia que defendeu candidatura própria do PT. Neste final de semana, foi a vez do ex-presidente Lula. Ele disse que o PT não será “trancado” por antecipação e defendeu candidatura própria nas capitais nordestinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *