Arthur não se incomoda com a bola que Bolsonaro deu a Cássio e mantém candidatura a prefeito pelo PSL

O empresário Arthur Almeida não estava em Campina Grande quando o presidente Jair Bolsonaro em plena inauguração do Complexo Aluízio Campos, em Campina Grande, fez rasgados elogios ao ex-senador Cássio Cunha Lima e gritou “iuhuuuuuuuu” num ambiente pro Romero Rodrigues.

Lançado pré-candidato a prefeito de Campina Grande pelo partido de Bolsonaro, Bolinha, como é conhecido o empresário, disse que não se incomodou com a bola que o presidente deu ao tucano. “Foi só por causa do momento. Mas o presidente sabe que nem Cássio nem o filho votaram nele e que, ao contrário, o deputado Pedro até já bateu em seu governo”, declarou.

Bolinha disse ainda ao blog que não vai sair do PSL caso o presidente avance na criação de uma outra legenda. E garantiu que se manterá candidato à prefeitura de Campina defendendo e alinhado ao pensamento político vigente em Brasília.

Bolinha não acredita que será jogado de um lado para o outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *