A simples, mas importante vitória de Lucas Sales

Na campanha presidencial, o publicitário paraibano Lucas Sales assumiu a responsabilidade de parte da campanha de Jair Bolsonaro. Saiu no meio da campanha levando consigo denúncia publicada na Revista Época dando conta de que a sua produtora que atuava na campanha era de fachada. Uma irresponsabilidade, que naturalmente gerou muitos dissabores. Lucas Sales tinha trabalho diário na campanha de Bolsonaro, e facilmente poderia provar o contrário.

Mas as denúncias irresponsáveis são assim mesmo. Primeiro, se inventa a mentira. Depois, encontra-se a melhor forma de embala-la. Aí, elas fazem o estrago na imagem, sem que se tenha tempo ou espaço para dizer que tudo não passa de uma invencionice.

Pouco mais de um ano depois, no entanto, a injustiça foi reparada. A Justiça condenou a Revista Época a pagar indenização pela fake news divulgada. A decisão foi do juiz Francisco Josafá Moreira, da 2ª Vara Cível de Pernambuco. O valor da indenização foi de apenas R$ 5 mil. Mas Lucas não queria dinheiro, mas a reposição da verdade. E quando a Justiça faz isso ela resgata a esperança de que ainda vale a pena tentar fazer jornalismo com responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *